Ontem a noite eu estava editando a gravação do ensaio da minha banda…e  comecei a pensar justamente sobre minha relação com a música…o tempo de  relativa experiência que possuo…as amizades que fiz nesse caminho….e cheguei a conclusão que toda a grana usada…todo o tempo despendido….todo o esforço, preocupações e correria que foram feitas nesses anos todos valeram – e vêm valendo – a pena. Só quem gosta, quem curte de verdade ter banda, sair pra tocar, sabe o terror e a alegria que esse tipo de coisa invoca.

Terror – na verdade não sei se essa é a palavra correta, mas na falta de algo melhor, fica ela mesmo, o que importa é o sentimento, a sensação que quero descrever  – porque, quando começa a dar dor de cabeça…..é um problema atrás do outro…..seja com formação…seja com produtor pilantra….ou simples desencontros que fazem com que tocar seja a coisa mais simples a se fazer naquele momento.

Alegria porque justamente só quem toca e curte tocar, consegue descrever (ou não) a alegria, a satisfação, o tesão em subir em um palco, ou qualquer lugar que seja e ver a galera “moshear”, cantar junto o som que demorou tanto tempo pra ser escrito e transformado em música…a troca de energia que é algo único…e muito mais.

E o mais esquisito é que as vzs ambos (terror e alegria) podem acontecer quase que ao mesmo tempo!!!Ou seja, as vezes, a pior noite pode também ser a melhor, justamente por poder descarregar ali no palco, todas as frustrações que ocorreram momentos antes…


O principal em fazer parte de uma banda é ter objetivo, saber o que se quer…e sobretudo o  que não se quer…onde se quer chegar e de que maneira quer faze-lo…..é saber antes de mais nada é som proprio ou cover?Ou seja, quero gastar ou ganhar dinheiro???heheheh

Eu, felizmente escolhi a primeira opção…o mais dificil…o de compor e não copiar o que outros compuseram….o de gastar dinheiro – pq no geral, gastamos dinheiro pra ir tocar nos lugares, haja vista que, quando ganhamos algo, dificilmente cobre os gastos que tivemos para ir até o local.

Mas também é onde a satisfação é maior, pois quando a galera está curtindo, está curtindo a SUA música ,que a banda onde você toca compôs…e não um simples cover….porque fazer sucesso com esforço alheio é mto fácil.


Mas enfim….esse post serve um pouco como reflexão. Como resultado de uns 5 min de pensamentos a respeito.

Histórias sobre esse tipo de escolha, eu tenho muitas…algumas vividas por mim, outras que eu vi acontecer…e posso garantir que, quem gosta MESMO disso, não abandona a cena  – vulgo cenário de música independente – seja ela qual for. Só abandone a cena se vc for emo, aproveite e faça isso, pois provavelmente seu pai e sua mãe tem vergonha de ter um filho como você.

Anúncios