Hoje a noite, durante uma discussão veio à tona um tema muito bacana:

A relação entre evolução Moral e Tecnologica do homem.

Explico.

Entre tantas conversas o tema que surgiu é justamente que, embora nesses últimos 100 anos a humanidade tenha avançado tecnologicamente mais do que em toda sua história, moralmente as coisas não foram bem assim…digamos que um (moral) não acompanhou o outro (tecnologia).

Vocês nunca repararam que, cada vez mais a turma, em especial os mais novos, estão mais e mais integrados à tecnologia – sabendo manusear muito melhor os celulares por exemplo e dominando tecnologias que seus pais ainda nem entendem direito – e, por outro lado, estão cada vez mais desonestos,mesquinhos, apegados aos bens materiais e egocêntricos, pensando exclusivamente em si, no seu umbigo e na realização e satisfação de SEUS desejos e de mais ninguém.E parece que a tendência é piorar…

Mas o por quê disso?Culpa do capitalismo diriam alguns, culpa do próprio ser humano diriam outros ou como defendo eu; um misto dos dois. Pois acredito que um complementa o outro.

Afinal de contas quem faz o capitalismo?O ser humano. E quem estimula o ser humano a competir entre si e querer ter sempre mais e mais e mais?O capitalismo.

Até certo ponto, essa vontade , essa competição entre nós homens é muito saúdavel. Começa a preocupação quando vemos em um lado da balança, alguem que possui tanto, que acaba por se isolar no seu “mundinho” de festas, badalações, poses,carros, casas, viagens, restaurantes caros e ostentação sem fim, que se desconecta da realidade na qual milhões de pessoas estão inseridas; e no outro, pessoas – aqueles milhões que mencionei agora a pouco – que sequer tem o que comer e lutam pra sobreviver dia após dia.

Voltando….acredito que a relação capitalismo X ser humano é bem complexa e que serve de complemento um ao outro.Pois ao mesmo tempo que o ser humano é incitado a adquirir e reter capital; é também de forma indireta incitado a ser egoísta a reter pra si tudo o que pode ter e não é incitado a pensar. Pensar em olhar para o lado,em compartilhar. Pois uma vez que temos tudo o que necessitamos, não deveria existir a necessidade de retermos mais. Mais do que precisamos. Já dizia meu pai: “Quando alguem tem algo sobrando, é por que está faltando pra outra pessoa.” E acho que esse ditado tem uma verdade muito importante, pois nos alerta que uma vez assegurada nossa sobrevivência (com qualidade de vida, por quê não?), deveríamos nos voltar ao outro. Pensar mais no outro….talvez o que abunde em casa, falte na dele.E veja bem que isso pode ser aplicado também a bens não materiais.

Vejam bem, não defendo socialismo nem comunismo. Pois é baseado em algo falho desde o ínicio…é uma utopia, ingenuidade e falta de noção que beira o ridículo, pois acredito que tudo o que é igual é falho. O ser humano não é um ser igual. Os homens são diferentes entre si, devemos aceitar a diferença. Mas nunca a indiferença.

Segundo o socialismo o governo proveria tudo aos seus. Casa, comida, saúde, trabalho. Mas, com qualidade?Aliás, com a qualidade que queremos ou merecemos ou a qualidade que eles querem ou conseguirão fornecer?E que tipo de incentivo o homem – quando digo homem, entendam ser humano por favor – teria para buscar a evolução?Para procurar sempre se reinventar, trabalhar arduamente, construir e aprimorar ferramentas, métodos e metodologias se tudo já foi assegurado pelo governo? Que tipo de sociedade “justa” seria uma que se baseia unicamente em garantir a sobrevivência e não buscar qualidade de vida, não somente para si mas também para outrem?Pois é….

Ao mesmo tempo o capitalismo também não me convence. Nem preciso explicar os motivos pois todos conhecemos as mazelas que esse sistema gera, como o exemplo que citei a pouco.

Acredito que surgirá um sistema cuja base seja o capitalismo. Um capitalismo mais humano, mais social.  Um capitalismo com consciência. E consciência de verdade, sem hipocrisia, mas preocupado verdadeiramente com o bem estar do ser humano e do planeta onde vivemos.  Sei que não será agora, talvez sequer esteja vivo pra ver isso acontecer; mas creio piamente que esse sistema surgirá. Ou o mundo vai pra cucuia antes.

Voltando ao lance da evolução….essa ausência de evolução (pois nada, segundo meu parco entendimento “desenvolui”, ou seja, o que evolui não retrocede) moral, talvez se deva justamente à essa ausência de consciência – ou mesmo bom senso –  do capitalismo selvagem no qual estamos inseridos. Alguns vão rebater: “Ah!Isso é deficiência educacional.” Talvez seja, mas vamos lembrar que escola não educa; ensina. Quem educa de verdade é a família…ou ao menos deveria ser assim.Acho que a eficiência em si está não no sistema ou nas pessoas. Está nas duas, mas ambas tem sua raiz em um lugar.

Na ação – ou falta de – das pessoas.

Porque não adianta falar sobre essa mudança de consciência, capitalismo mais socialmente responsável e tal se isso não partir da gente.

É. De mim, de você, do seu pai, sua mãe, namorado, esposa, colegas de trabalho…enfim…da gente!

São coisas pequenas, como ajudar o outro, o próximo.E quando digo ajudar, não é somente dar dinheiro pro menino no semáforo ou pagar um salgadinho pra alguém, doar alimentos/agasalhos para campanhas. Mas desde tratar essas mesmas pessoas (e todas as outras) com o respeito que merecem até simplesmente dar um sorriso ou um “bom dia” pro seu vizinho.É ser sincero quando elogia alguém. Fazer as coisas bem feitas para o outro, como se fosse feito pra gente. É enfim seguir o lance “Faça para o outro o que gostaria que fosse feito para você”.

Engraçado notar que, quando falamos de outro…de próximo, pensamos em desconhecidos e esquecemos que as vezes essas mudanças começam dentro de casa, entre os membros da familia, entre os pais, os irmãos….as vzs nosso próximo mais próximo dorme no quarto ao lado ou na cama ao lado…ou mesmo junto da gente e nem dos damos conta.

Talvez tudo isso não mude nada.Talvez mude, já disse que não tenho pretensão de mudar o mundo. O único mundo que quero mudar é o meu e o das pessoas que estão ao meu redor e me são queridas. E não é assim que se muda o mundo de verdade?Imagine se todo mundo pensasse assim….

Utopia….beleza. Mas pensar a respeito e agir não custa (quase) nada.

Tento fazer minha parte para melhorar as coisas. E você?

Abraço!

Anúncios