Esse texto é mais voltado pra quem gosta de rock….especialmente mais pesado, pois minhas reflexões são sobre praticamente sobre todas as coisas que amo e rock pesado sem dúvida, é uma delas.

Engraçado como hoje o tal do “Metal/Hardcore” ou Metalcore – ou seja lá quais outros rótulos o leitor queira usar, esteja na moda.

Mas a realidade é que essa relação não é de hoje.É só pensar no Sepultura e seu maravilhoso Chaos AD pra provar, isso só pra citar uma banda nacional e de nem tanto tempo atrás assim.

Ingênuo é aquele que acredita que ambos não têm nada a ver ou não combinam.

Levando em consideração que você, leitor,  não é um purista sem cérebro e muito provavelmente goste da mistura entre o Metal e o Hardcore, eu te pergunto:

Dentre todas as bandas que você ouve, qual tem mais influência Metal? Seja no timbre das guitarras, seja no andamento, no vocal, ou onde for.

E Hardcore? Seja na cozinha relativamente reta, nos vocais, no andamento e duração das músicas.

Como seriam essas mesmas bandas, caso optassem por seguir exclusivamente uma vertente^? Ou seja, se fossem só Metal ou só Hardcore?

Seria a mesma coisa? Teriam as músicas, a mesma pegada, energia e garra? Aliás, seria a mesma banda?

E o mais importante, você  gostaria dela mesmo assim?

São algumas perguntas que servem mais para percebermos o quanto a mescla de metal e hardcore é produtiva, inventiva e inovadora, pois seguimos sempre com bandas maravilhosas que trazem a cada cd um frescor (sem frescura hein) e algo que não sabemos identificar mas que todos certamente sentem, aquela sensação de que isso nunca vai acabar e que por mais que existam os “clichês” dentro do estilo, a variedade, os caminhos e as possibilidades são quase infinitas!

Parte de cada um querer experimentar e ouvir aquilo que te agrada mais:

Bandas de Metal/ Hardcore ou Hardcore/Metal.

As diferenças são óbvias, evidentes e o que deve contar mesmo é a disposição de como amantes da música pesada, sabermos separar o joio do trigo (segundo nosso gosto, evidente), apoiar as bandas que gostamos, apresenta-las aos amigos, comparecer a shows…enfim, ajudar e motivar a cena que estamos inseridos, não importa qual seja ou onde esteja. Pode ser tanto no Brasil, Portugal ou qualquer outro lugar.

O mais importante é curtir, apoiar e contribuir para que as cenas Metal/Hardcore pelo mundo afora cresçam, se fortaleçam e fiquem ainda maiores.

Nós fazemos a cena na região onde moramos. E depende somente de nós que nossa cena cresça, fortaleça e seja verdadeiro motivo de orgulho independente de qual cena for.

Todo mundo ganha, os produtores e as casas de show, as bandas e principalmente, nós.

Abraço!

Anúncios